Em minhas andanças pelo interior me deparei com um outdoor de um carro q me chamou muito a atenção – mas como toda mídia assim, não consegui captar todas informações. Lembro q achei o design dele interessante, assim como o preço. Tb me recordo do comentário de minha mãe (q estava junto comigo): “nossa, tem tanto carro hj em dia q nem sabemos mais qual é qual”.

Pois bem, como curioso nato fui pesquisar na web q carro poderia ser aquele (lembro de ter visto apenas o nome Cielo) e qual não foi meu espanto ao descobrir q o carro era da Chery, um fabricante chinês. Sim, eles já compraram a Volvo, agora tb estão entrando com marcas próprias. Q rápido esse mundo globalizado!!! :P

Juro q foi um misto de desconfiança e felicidade pelo “achado”. Tb fiquei com uma pontinha de vontade de ter um só para ser um dos primeiros (logo pensei: é carro, não celular!), ou apenas testá-lo só pra ver se funciona mesmo. A China, assim como os japoneses no passado, ainda desenvolve produtos a partir do esquema “copia-melhora”. Mas por ser algo tão breve na memória (não está claramente posicionado) me gerou um enorme desconforto – tipo o q os (alguns) mais velhos ainda tem com a Fiat -, e a percepção de q os chineses vem com força, velocidade e sabendo da importância da relação entre as marcas e as pessoas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...