Negócios Archive

O meu cliente não liga pra isso

Em um conversa com um amigo noutro dia, perguntei como estava o site do negócio dele. E a resposta, para minha surpresa, foi o título desse texto: “meu cliente não liga pra isso”. Péééééin! Resposta errada!!!! Por mais “charreteiro” q seja o cliente, vc não desagradará nenhum deles ao ser um fornecedor q tenha contatos, [&hellip

Read More…

Schin vira Brasil Kirin

E o campo de cevada fica nipônico (olhando agora, não é q lembrava lâminas de espadas samurais? hahaha). Pra finalizar o processo de aquisição da cia de bebidas brasileiras, o grupo japonês extingue o antigo nome (q remetia à família fundadora) e passa a assinar como Brasil Kirin – o q fortalece a presença regional. [&hellip

Read More…

Polaroid leva sua marca para o mercado de eletrônicos

Continuando o papo sobre arquitetura de marcas, falamos no outro post sobre o bom case q Alpino nos proporcionou. Agora trago um exemplo q acho ruim para o crescimento de uma marca. A marca Polaroid, tão conhecida pelos seus produtos ligado a fotografia, firmou parceria com a ASDA para comercialização de produtos com sua chancela [&hellip

Read More…

Produtos próprios: expansão ou tiro no pé?

  Realmente há argumentos para sustentar as duas opiniões da pergunta no título. Ter um produto ligado ao varejista é um modelo de negócios interessante se pensarmos em expansão. Muitos supermercados reconhecidos costumam fazer isso. WalMart com Best Value, Pão de Açúcar com os produtos Casino e Taeq, Makro e Aro, Carrefour com produtos autodenominados, [&hellip

Read More…

E a Telefonica vira Vivo

Como adiantamos aqui em agosto de 2011, a Telefonica virou Vivo. Uma mudança no nome da empresa já era sondada desde 2009. Na época, falava-se na globalização da marca Movistar. Acho q agora a conta fechou. Mudar para Vivo foi, aparentemente, uma decisão acertada. A espanhola precisava espantar entre outros fantasmas, o ranço de ex-estatal, [&hellip

Read More…

O troco da Renner

A Renner, q estava ficando pra trás de seus concorrentes na transição de lojas de departamentos para fast fashion, deu o troco e lançou a marca Blue Steel, q já fazia parte do seu portifolio de moda jovem, como sua nova rede de lojas. Muito bacana ver o spin off de uma marca pela sua [&hellip

Read More…

É a cara do pai! – por Cris Tolovi

Que eu me lembre, a primeira vez que eu vivenciei uma customização, de certa maneira, foi na escolha do meu primeiro carro: Cor? Ar? Direção? Vidros elétricos?  Mas tudo demorava uma eternidade para acontecer. A popularização do termo customizar ou personalizar, ocorreu na moda. “Customize sua camiseta, seu tênis, sua calça jeans. Olha que incrível, tudo [&hellip

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Read More…