Costumo dizer q devemos sempre estar atentos, pois é assim q sempre aprendemos coisas novas. Pois bem, voltei a praticar inglês e outro dia, durante uma aula, surgiu a palavra ‘ox’ num texto. Desconhecendo o significado, todos pedimos a tradução e foi uma surpresa geral saber q era ‘boi’. Tá bom q ‘bull’ é mais pra touro, mas é a forma q estamos mais acostumados.

Sabendo disso consegui fazer a conexão pra uma marca: OX Cosméticos. O produto, feito a base de tutano de boi, traz tb no nome do ‘principal fornecedor’ de sua matéria prima. Além disso, hj a marca pertence ao Grupo Bertin – holding q nasceu no segmento pecuarista.

Foi tão surpreendente pra mim saber o motivo do nome dessa marca, q em minha percepção tinha uma aura delicada, q me motivou a fazer um post exclusivo!

E falando dessa tradução, lembrei de outro caso: a farmacêutica brasileira Aché. A escrita (apesar do acento q não pronunciamos) sempre me remete ao inglês ‘ache’, q significa dor. Bem apropriado para o segmento, né?

Enfim, inusitados ou coincidências, identidades, sejam visuais ou verbais, sempre tem uma alta carga de simbologias e significados.

Mas pais ≠ país e amem ≠ amém. Por isso fazer a gestão da marca é tão importante. Precisamos fazer com q essas representações sejam constituídas (e lembradas) por boas emoções.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...