Não! Não estou querendo entrar nessa polêmica sem fim. Vou falar apenas da campanha da ABA (Associação Brasileira de Anunciantes) q usa a assinatura: “Propaganda. Faz a diferença.”

Na verdade comunicar-se sempre “fez diferença”. O q a torna mais ou menos eficiente é a forma encontrada para isso. E, num mundo 2.0 (quiçá 3.0), não é permitida uma conversa de mão única com as pessoas. Não adianta gritar e tapar os ouvidos. É um desrespeito.

A propaganda bem feita, como tantas q o país produz, faz parte de um plano maior de comunicação, onde as pessoas são realmente envolvidas. Isso sim ajuda a construir marca e “fazer diferença”.

É muita (muitíssima) pretensão dizer q a propaganda, sozinha, tem essa força. Isso é coisa do passado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...