Continuando o papo sobre arquitetura de marcas, falamos no outro post sobre o bom case q Alpino nos proporcionou. Agora trago um exemplo q acho ruim para o crescimento de uma marca.

A marca Polaroid, tão conhecida pelos seus produtos ligado a fotografia, firmou parceria com a ASDA para comercialização de produtos com sua chancela (q é o q realmente conta nesses casos). Será q algum profissional da nossa área ache q, por melhor q seja o produto, o primeiro impulso para comprar uma TV Polaroid ou uma dock station para o iPhone será maior ou igual ao de marcas como LG, Samsung, Sony, JBL, Philips, iLuv?!

Não é possível q não tenha alguém lá pra alertá-los a focar em fotografia, q é o grande lance aderente à marca! E ainda pode render bons frutos se concentrarem seus esforços em design. Ainda mais com o retrô numa onda hype como está – olha onde chegou o Instagram! Não digo apenas produzir máquinas fotográficas e seus acessórios, mas pra explorar esse universo.

Posso estar errado, a jogada dar certo e eu pagar minha língua grande, mas a probabilidade, ao meu ver, continua bem diminuta. :|:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...