Desde maio o antigo banco do lendário Sílvio Santos, nas mãos de outro controlador, sofreu alteração em seu nome e logo.

Realmente a identidade antiga era algo bem old school, com referências antigas e cores datadas.

A tipografia, antes praticamente Times, agora ganhou ares mais contemporâneos, com curvas e detalhes mais proprietários. A cor mudou totalmente, do verde e amarelo Brasil para um azul q lembra muito (se não for idêntico) ao do BTG Pactual (atual controlador). O símbolo sumiu e não faz nenhuma falta. E a palavra PAN ganhou destaque, provavelmente para q o novo nome remeta pelo menos um pouco ao antigo.

Inclusive, acredito que a mudança de nome é justamente para tentar desvincular de toda fumaça gerada com os problemas de um passado não muito distante – porém sem esquecer totalmente do q a marca já havia construído, por isso ao meu ver foi mantido o PAN. E agora traz o decodificador “banco” como prefixo, o q é bom para uma marca com nome renovado assinalar sua atuação.

Vejo como uma modificação necessária para se aproximar de sua nova ‘marca mãe’ e q aproveita para dar uma oxigenada na empresa.

 

 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...