Navengando pelo Blue Bus encontrei esse texto da minha amiga Tânia Savaget, da Tátil. Uma das mais brilhantes estrategistas de marca, na minha opinião.

….

Mulheres, desde sempre, têm uma relaçao íntima e complexa com seus cabelos. Chamados de “moldura do rosto” – esta expressão é antiiiga – os cabelos falam muito sobre cada uma de nós. Por isto a gente corta, pinta, enrola, alisa, hidrata, faz chapinha, acerta, erra, se arrepende, chora e escolhe o xampu com muito cuidado.

Só que esta tarefa está cada vez mais complicada. Os antigos oleosos, normais e secos sao coisa do passado. Os rótulos de hoje sao bem mais complexos – Limpeza profunda, Efeito anti-frizz, Doador de Brilho… Outro dia, olhando uma gôndola, um chegou a falar comigo, juro – Seu cabelo está com um aspecto estressado? Pois o rótulo era uma pergunta!

Reuni um grupo de mulheres para um bate papo informal, que confirmou algumas pesquisas. Frascos transparentes sao xampus que limpam, mas podem ressecar. Frascos foscos nao limpam tanto, mas devem ser cremosos. Cor demais parece artificial. Embalagens diferentes despertam nossa vontade de experimentar. Fazemos rodízio de marcas porque acreditamos que “o cabelo acostuma”. Boas dicas para as empresas que desenvolvem esta categoria ;- ).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...