Esse é o filhote da guerra entre o Google e a ditadura chinesa, o Gooje.

Uma versão simpática, porém mutante, da marca mais (!) famosa da internet.

Ao ver isso, lembrei-me de uma feira de produtos industriais q visitei a alguns anos aqui em Sampa. Na época, me chamou muito a atenção q no stand das empresas chinesas não havia marcas, o q é normal para uma economia emergente e teoricamente fora do capitalismo. Tudo isso me faz concretizar uma reflexão, os chineses estão seguindo os mesmos passos dos japoneses (copiam primeiro para aprender a fazer, depois fazem melhor). Enqto isso sobra oportunidades para desmatar a mata virgem da cultura de marcas lá. Alguém aí sabe falar branding em mandarim?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...