O mais complicado para a definição de um posicionamento de marca é a entrega. Geralmente as empresas tem uma visão muito distorcida do q ela representa no mercado e acabam comunicando uma promessa q nem sempre é viável aos olhos das pessoas – os principais interessados.

Digo isso justamente por me deparar com uma propaganda da Renault, um raro institucional, q promete “outra direção”: um carro voltado para as pessoas. “Um Renault não nasce numa prancheta, mas na alma das pessoas” (com uma inexplicável aparição da Janis Joplin!!!).

E finalizam o filme com a frase: “não é bom saber q alguém faz carro q gosta de pessoas?”

Eu realmente não sei até q ponto a Renault (ou qualquer outra grande marca automobilística) passa essa imagem de uma empresa com produtos “human-centered”. Qnto a forma de gestão, não posso dizer pois não conheço. Mas se isso acontece internamente, não transparece e, na minha visão, não há como fortalecer o q não existe. Por outro lado, se estiverem tentando construir essa percepção, começaram mal. Poderiam ser pelo menos um pouco mais suaves nesse primeiro passo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...